Techonlogy

terça-feira, 18 de maio de 2010

Conto - O passageiro



Era tarde, para ser mais exato, faltavam vinte minutos para dar meia noite, fazia frio as ruas bastante movimentadas. Entrei no onibus em direção a minha casa pois não via a hora de deitar na cama, me acomodei, encostei minha cabeça na janela e fechei meus olhos tentando não pensar em nada apenas descansar minha mente. Derrepente eu ouço bem baixinho uma voz já idosa cantando algumas canções populares lá no fundo do ônibus, passado alguns minutos o velho continuava cantando e parecia que a cada música se sentia mais avontade e cantava mais alto, comecei a me perguntar o que faria aquele homem idoso, de uma aparência bem pobre semelhante a um mendigo, aquela hora noite, cantar? Fiquei sem resposta para essa pergunta, até que aquele homem se levanta puxa a cigarra vai em direção a porta deseja uma boa noite a todos os outros passageiros como ele, e desce do ônibus seguindo a sua viajem seja para onde for. Nesse momento ainda diante da minha dúvida, cheguei a uma conclusão, o único motivo que fazia aquele homem cantar era o simples fato dele poder seguir a sua viajem, ou seja, o motivo dele cantar é que ele estava feliz em simplesmente estar vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário