Techonlogy

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

3 atitudes que um "grande" pecador teve, que devemos ter

Zaqueu era um homem que não tinha boa fama, e era tido como um "grande pecador". Jesus gostou da sua atitude e foi na casa dele. Muitos criticaram essa atitude. Quero refletir com vocês sobre 3 coisas que Zaqueu, esse homem tão mal visto pelo povo, fez, e devemos fazer também. 


E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura.



Ele ficou sabendo que Jesus passaria, e prontamente, quis vê-lo de alguma forma. Muitas vezes temos a oportunidade de encontrar com Cristo, e não damos a mínima para buscá-lo. Zaqueu era pecador, mas quis, procurou, desejou. O desejo de muitos cristãos hoje é ver o cantor famoso, o pregador famoso, a menininha bonitinha, ou o menininho, procuram por tudo, menos o nosso Salvador. Esse pecador, queria somente Jesus. 


2 - Não mediu esforços para ver Jesus



e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura.

E, correndo adiante, subiu a uma figueira brava para o ver; porque havia de passar por ali.


Ele queria ver Jesus, mas tinha alguns problemas que poderiam impedi-lo. Ele não ficou somente na vontade. Não mediu esforços. Zaque era pequeno, e havia uma multidão, então ele viu uma árvore, e subiu. Se esforçou para ver o mestre. Muitos cristãos querem seguir a Cristo, mas na primeira dificuldade, logo desiste. Um desentendimento na igreja, um desemprego, ou qualquer outra coisa, nos fazem desistir de buscar a Deus. Zaque não deu desculpas, não mediu esforços. Além de tudo isso, foi muito humilde, pois era rico, e não se importou em ser visto no alto de uma figueira brava. Ele não se importava com o seu orgulho, ele só queria ver Jesus. 

3 - Se arrependeu

E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.




Seu arrependimento foi verdadeiro, não ficou apenas nas palavras, mas gerou frutos de arrependimento. Ele devolveu tudo o que havia roubado quatro vezes mais. Arrependimento não é chorar, não é gritar, não é falar línguas estranhas, o arrependimento verdadeiro gera mudanças verdadeiras. Não adianta chorar se você não vai mudar. Ele parou de roubar, e DEVOLVEU TUDO, além de ajudar os mais pobres. Sua mudança contribuiu para mudança de outros. Não adianta ficar apenas em palavra. "Se você mentia, não minta mais, e agora fale a verdade". É necessário que seu arrependimento se transforme em algo concreto. 

Por Nicolas C. Sales CONHEÇA O CANAL CLIQUE AQUI








Nenhum comentário:

Postar um comentário