Techonlogy

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Dificuldades em perdoar? (Estudo para pequeno grupo) | Nicolas C. Sales


PERDÃO

“Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete”. 
Mateus 18.21-22

Aquecimento:

1 – Você já perdoou a mesma pessoa mais de uma vez?
2 – Você tem dificuldade em perdoar? Justifique:
3 – Você já foi perdoado?
4 – Você já negou perdão?

Devemos perdoar quantas vezes? 490? Quando lemos o texto de Mateus 18 literalmente podemos entender isso. Mas, não é isso. Sete era tido como o número da perfeição, simboliza o perfeito. Quando Jesus usa um múltiplo de sete, está dizendo que não deve haver limites para se perdoar. O perdão é a essência do evangelho, pois pecamos e rejeitamos Deus, mas mesmo assim Ele nos amou e nos perdoou. Deus nos perdoa sempre, e o perdão dele é o que nos purifica, (I João 1.9). Sem perdão não existe vida cristã, é impossível alguém que diz viver com Deus, que não seja capaz de perdoar. Lembra que aprendemos que precisamos nascer de novo? Com o novo nascimento vieram novos hábitos, novas atitudes. Se antes o perdão era uma palavra inexistente em nosso dicionário. Agora é a palavra principal, e que direciona nossas ações. O perdão está totalmente ligado ao amor.  Mas se não há limites, vou ser enganado o tempo inteiro, e continuar perdoando? Querer viver na dor, não é amor, você precisa amar ao próximo “como a si mesmo”, isso significa que você precisa ter amor próprio, se não, será tortura. O fato de você perdoar, quer dizer que você ficará livre dos problemas que outra pessoa depositou em você. Você não ficará sofrendo uma dor eterna. Existem pessoas que até ficam doentes por não serem capazes de perdoar. Você também precisa saber escolher suas companhias, não se sentar na roda dos escarnecedores, Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”. (Salmos 1.1). Tem muita gente que só vive triste, porque vive sofrendo sentado na roda dos escarnecedores. Não viver perto das más conversações, (I Coríntios 15.33). Seguir esses conselhos bíblicos é algo que vai te ajudar a ter amor próprio, e não ficar sofrendo por pessoas que só querem nos destruir.
Mas devemos amar a todos, e perdoar a todos. Jesus foi ofendido, humilhado, sofreu em uma cruz, mas mesmo assim do alto da cruz perdoou todos. Viver o perdão sem limites, sem ficar humilhando ninguém, e viver o amor de Deus. Sabe, ás vezes nós ficamos negando perdão a pessoas que nos ofenderam, falaram mal de nós, até mesmo furtaram, ou quebraram algo nosso, mas lembre-se, Jesus Cristo nos perdoou, e continua perdoando nossos pecados e nos purificando. Evangelho é um estilo de vida completamente diferente do que o mundo ensina, por isso que não é fácil, mas necessário é nascer de novo. Viver o perdão é essencial. Não fique amarrando pesos desnecessários para a sua vida, pois chegará uma hora que você não vai aguentar nem andar de tanto peso preso a você. Viva a liberdade que Jesus pode te dar. E nunca se esqueça de que você não foi feito para esse lugar. Você foi transformado e deve desejar o céu. Tenha a certeza de que tudo é passageiro. Sabe, existem pessoas vivendo presas a coisas que acontecerem no jardim de infância, esqueça isso, perdoe e seja feliz. Faça como o apóstolo Paulo, “Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante”. (Filipenses 3.13).


PERGUNTAS PARA DEBATE:

1 – O que devemos fazer quando perdoamos alguém e essa pessoa continua cometendo o mesmo erro?
2 – Qual a maior dificuldade em perdoar?
3 – Como vive alguém que não perdoa?

PARA PENSAR:

“Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso”.

“Nestes dias de complexo de culpa, talvez a mais gloriosa palavra de nossa língua seja, perdão”.

Billy Graham

Por Nicolas C. Sales
(Obs: Esse capítulo faz parte do meu livro, se você quiser a obra completa para estudar na sua igreja entre em contato 35 98884-3290 disponibilizo em PDF Grátis)


COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário