Techonlogy

domingo, 4 de setembro de 2016

Dica 5 SE PESE REGULARMENTE. - Nicolas C. Sales

Dica 5 
SE PESE REGULARMENTE.

           
Não podemos ser nem tão magros, nem tão gordos, temos uma média. Existe um equilíbrio que precisa ser respeitado se não começa a fazer mal para a nossa saúde. Não sou nutricionista, mas eu sei que tem uns cálculos que se faz para medir isso. Bom, essa sexta dica não é sobre alimentação. Então, é sobre o que? Sobre manter um equilíbrio social, emocional, e em tudo que você for fazer. Um forte sintoma da adolescência (desse jeito parece que adolescência é uma doença, não é mesmo? Mas, não é.) é a obsessão. Perdemos o equilíbrio várias vezes, o adolescente tem a tendência de gostar de algo e mergulhar de cabeça. Por exemplo, quando eu tinha quinze anos comecei a fazer karatê. Eu me lembro que não queria fazer outra coisa. Eu comecei fazendo terças e quintas, e depois, estava treinando todos os dias, e algumas vezes até sábado. Teve uma época que meus amigos e eu começamos a jogar vôlei, e não tínhamos hora certa para isso. Aonde íamos levávamos a bola de vôlei. Sempre depois do culto a gente ficava até tarde jogando sete corte, era um vício. .
            Tudo isso é muito bom. Óbvio que é. E quando você quer aprender algo é claro que se deve mergulhar de cabeça pra ficar melhor. Mas, em alguns detalhes na vida, se não houver equilíbrio você pode cair. Pensa no equilibrista da corda bamba. A vida é como andar na corda bamba, se você jogar todo o seu peso para um único lado, você cairá, e cairá feio. Certos tombos, dependendo da altura poderá ser fatal.
            Não se jogue completamente aos relacionamentos, a uma única pessoa. Você tem Deus, você tem família, tem outros amigos, tem seus estudos, e vários outros projetos. Não existe somente uma única pessoa, ou uma única pessoa na sua vida. Alguns dizem, “eu o amo, ele é tudo pra mim, não sei viver sem ele... blá blá blá”. Você viveu uma boa parte da sua vida sem essa pessoa, como agora você diz que não pode viver sem ele.
            Aprenda organizar seu tempo. Não se dedique demais, a ponto de se esquecer das outras pessoas e das outras coisas. Vejo alguns jovens que abandonam suas famílias, por causa de uma paixonite, e quando a “paixonite” decepciona, quem socorre? A família. Então, aprenda a não mergulhar de cabeça a uma única coisa.
            Se pesar regularmente e se examinar. Se avaliar, e pensar, “o que eu preciso mudar?”. Se liga na dica do Paulo, o apóstolo, Examine-se o homem a si mesmo...” 1ª Coríntios 11.28. Se pese, e pergunte, “minha vida está equilibrada?” Não? Então comece uma dieta, emocional, social etc.

Por
Nicolas C. Sales

Nenhum comentário:

Postar um comentário