Techonlogy

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Não entregue seu coração a qualquer um - Nicolas C. Sales

Não entregue seu coração a qualquer um



Como eu disse na dica anterior, coração significa tudo aquilo que você é, seus desejos e emoções, sua essência. Quando nos entregamos a alguém, estamos entregando tudo o que somos. Dedicamos tempo a uma pessoa, estamos dedicando o nosso fôlego, nossa vida. O tempo é o que de mais valioso existe nessa terra, pois não podemos comprá-lo em nenhum lugar, existem lojas de relógio, mas não existem lojas de tempo. Além disso, o tempo é precioso por que é curto. A Bíblia diz que nossa vida é como um vapor que aparece e logo desaparece. Muitos adolescentes não encontram vida na adolescência, por que estão desperdiçando tempo com algo que só é capaz de destruir seu coração. Alguns começam a jogar a vida fora aos 12 anos, mais ou menos, se entregando a paixões e desejos. É como se existisse um monstro dentro de você gritando desesperado para saciar seus desejos, a vida não é feita simplesmente de alimentar desejos.
Acontece mais ou menos assim, você conhece alguém, se apaixona, a partir daí, acha que nunca mais será feliz sem essa pessoa. Mentira! Você pode ser feliz sim sem ele, ou ela. Sua felicidade não pode estar baseada em alguém que te promete um amor. Então, impulsionado por essa paixão, você entrega seu coração, faz sexo antes do tempo (fornicação), e passa a ser usado por esse desejo. Torna-se escravo dos desejos. Cuidado! Seu coração é frágil, e seu tempo não volta. Até que você perceba, que não viveu a adolescência da maneira mais plena, com Deus, e você percebe que não é mais um adolescente que já se tornou um adulto, e percebe que já se passaram 10 anos ou mais, totalmente dedicado a uma ideia falsa de realidade. E o seu objeto de paixão, e de desejo, não era tão bom assim quanto você imaginava. Triste fim de um adolescente. Não é mais um.

Certa vez uma senhora ganhou dois cachorros. Ela cuidava deles todos os dias, e dava a mesma quantidade de comida pra um e pra outro. Um dia, a senhora observou que os cães brigavam por comida e pelo espaço mais quentinho, então, a dona dos cãezinhos teve que separá-los por uma grade. A ideia deu certo, e eles se acalmaram um pouco, mas como ela estava tão acostumada a por comida em único lugar, ela se esqueceu de alimentar um dos cães. Até, que infelizmente um ficou bem fraco e morreu.
Triste o cãozinho ter morrido, não é mesmo? Mas, a vida é como essa história. O cachorrinho morreu por que não foi alimentado, e não foi alimentado por que foi ignorado. Se alimentarmos os nossos desejos, e eles serão fortes. Mas, se você ignorar e para de alimentar aquilo que você sabe que faz mal, logo morrerá.
Existe vida na adolescência e em qualquer outra faixa etária se você souber viver da maneira mais plena que existe, com Deus. Dedique-se a Ele. O Eterno conhece o teu coração por que ele te criou. Entenda uma coisa, se você entregar seu coração a qualquer um, qualquer um, vai fazer qualquer coisa com ele. Ninguém cuida do que é seu melhor do que você, por que só você sabe qual é o valor do que é seu. Quer ser feliz, e encontrar satisfação na sua vida? Encontre Deus enquanto você é jovem. Lembre-se Dele agora. Busque ao Senhor enquanto se pode achar. Você não sabe quanto tempo terá de vida, então, descubra a vida plena que há somente em Deus agora. Não deixe ninguém destruir a tua vida, e roubar a tua felicidade. Existe vida na adolescência? Sim, existe. Basta você querer.
 Por 
Nicolas C. Sales











Nenhum comentário:

Postar um comentário